Tive uma ideia

por João Mendes 0

Nota introdutória: estreamos hoje uma nova categoria no E a Trofa é Minha, que se pretende que funcione como uma plataforma de ideias para a nossa terra. “Tive uma ideia” será o seu nome e estará ao dispor não só dos autores do E a Trofa é Minha mas de qualquer leitor que tenha ideias interessantes e pertinentes que pretenda partilhar connosco. Ao critério de cada um ficará a possibilidade de enviar essas mesmas ideias para quem tem o poder de as executar. Eu enviarei a primeira, e que passo a partilhar convosco, ao cuidado do vereador Renato Pinto Ribeiro, responsável pelas pastas do Turismo e da Cultura (a pasta Património não existe na composição do executivo municipal, pelo menos na informação pública divulgada no sítio da Câmara Municipal da Trofa, o que nos diz algo sobre a importância desta área para os responsáveis políticos locais).

*****

Tive uma ideia – Espalhar placas informativas do património icónico do concelho em locais-chave 

Imaginemos que sou um turista que descobriu que existe no concelho da Trofa o Castro de Alvarelhos. Suponhamos que sou de Aveiro e que para chegar à Trofa apanho a A1 e depois a A3 porque um amigo que trabalha por estes lados me avisou para evitar a EN14 a todo o custo, vá-se lá saber porquê. Última suposição: sou um turista que gosta de partir à aventura pelo que não uso GPS nem fui ver exactamente onde ficava o Castro. Vou até à Trofa comer uma francesinha no Regalo (o meu amigo que trabalha por estes lados disse-me que é mesmo muito boa) e depois sigo as indicações que, com toda certeza, existirão no centro da cidade.

Não existem. Quem não conhece vai dar muitas voltas á rotunda do Catulo, perguntar a alguém que por ali passe e talvez tenha sorte. Entre tantas placas informativas que por ali existem, não existe uma única a orientar os potenciais turistas para o Castro de Alvarelhos. Igualmente grave é o facto de, na rotunda imediatamente após abandonarmos a A3, não existir também qualquer indicação. Para o lado de Santo Tirso existem várias indicações como as Caldas da Saúde ou a Citânia de Sanfins. Para o lado da Trofa apenas uma placa a indicar “Hospital”.

Numa altura em que tanto se tem falado de turismo, em que diferentes representantes da autarquia insistem na importância do património e da cultura locais, agora que até uma loja interactiva de turismo temos na Trofa, fazia falta haver mais informação para que aqueles que nos visitam possam aceder com facilidade aos locais emblemáticos do nosso concelho. Fiz referência ao Castro de Alvarelhos mas o mesmo se passa com outros ícones do nosso património local.

Em tempos, ouvi o presidente Sérgio Humberto falar na sua intenção de pressionar a Brisa no sentido de serem colocadas placas na A3 a informar aqueles que por ali passam da existência do Castro de Alvarelhos e da Igreja de Santiago de Bougado, de resto à semelhança daquilo que acontece com o Mosteiro de São Bento, pertencente ao concelho vizinho de Santo Tirso. A ideia era óptima mas, até ver, não passou disso mesmo. Até lá, seria importante que os responsáveis por estes assuntos tomassem as devidas medidas para que o património local possa mais facilmente ser encontrado. Vídeos com foco na indústria e que ignoram parte fundamental daquilo que a Trofa tem para oferecer em termos de turismo não chegam. Colocar placas informativas em lugares-chave seria um bom começo.

João Mendes

Radicalmente contra todas as formas de instrumentalização dos recursos públicos em função dos apetites partidários e com um apetite insaciável pela desconstrução de mentiras e outros embustes que nos são diariamente oferecidos pelas elites dirigentes, a minha luta é por um concelho da Trofa mais transparente, mais íntegro e no sentido da evolução contínua, onde o poder cuja função é servir-nos pode e deve ser questionado. Das pessoas para as pessoas, sem medo nem clientelas.

Comentários

  1. CARLOS   FERREIRA

    será que ainda ninguém reparou que quem vem de ribeirão e quer virar para stº tirso, logo a seguir á ponte tem que continuar a dar a volta á rotunda? quanto tempo vai ficar este escarro?

Deixar um comentário

Faça Login para comentar.