Floresta de lixo

por Nuno Martins 0

Nos últimos anos já por várias vezes denunciei no meu perfil de Facebook os atropelos à ética e ao respeito pela natureza e pelos donos das terras que vêm sendo feitos por gente sem escrúpulos  e sem vergonha, que utilizam as florestas do concelho da Trofa para seu depósito de lixo. Essas denúncias já tiveram alguns efeitos práticos, como a limpeza levada a cabo pela Câmara Municipal da Trofa num estradão em Lantemil que mais parecia um aterro sanitário, e a confrontação dum prevaricador com provas de infracção pela Junta de Freguesia de Alvarelhos e Guidões (neste caso a senhora, que até nem era do nosso concelho, disse que fez obras em casa e o constructor civil é que “arrumou” o lixo…).

Estas fotografias foram todas tiradas nos últimos dois meses no Sanguinhal, para quem não conhece, nome pelo qual é conhecida a mancha florestal que vai desde Alvarelhos, Guidões, até à Maganha na encosta poente do Monte de São Gens. Urge fazer alguma coisa. A Junta de Freguesia já por várias vezes procedeu a limpezas, a Câmara chegou a pôr placas de proibição de depositar lixo que entretanto foram vandalizadas, foram feitos apelos a que não se cometesse este crime ambiental. Nada adianta. Eu que passo bastantes vezes neste local, não há semana que não veja novas descargas de entulho. Entulho de todo o tipo, desde lixo doméstico, restos biológicos de arranjos de jardins ou hortas, restos de materiais de construção civil, material de oficinas de carros, móveis e electrodomésticos.

Há locais próprios para todo esse lixo, inclusive para os particulares que tenham objectos de grandes dimensões em casa a Câmara faz a sua recolha gratuitamente. Custa assim tanto cumprir a lei?

Cabe também a cada um de nós denunciar estes actos e as pessoas que os praticam , caso tenhamos conhecimento. Sem medos e com orgulho de fazermos também algo de bom pela nossa terra e pela natureza.

Nuno Martins

Sou o Nuno, nasci no Porto em 1978 e sempre vivi em Alvarelhos. Poder dizer o que penso e não o que os outros querem que eu diga é para mim a maior conquista do 25 de Abril. Essa é a principal premissa deste espaço, por isso posso dizer também e com orgulho que a Trofa é minha!

Comentários

Deixar um comentário

Faça Login para comentar.