A verdade que me assiste

por Alexandra Santos 0

Ai que verdade tão verdadeira

É aquela que me assiste!

Sou cego ao mundo, à arte, aos livros

E surdo às ideias dos outros!

Para quê ouvir?

Para quê ler?

Para quê refletir?

A razão está em mim!

E a minha pequena árvore me basta!

Quem a mim contrariar

Eu criticarei

E discutirei

Todos os temas

Dos quais nada sei!

A minha opinião é a correta!

E sem contas saberás

Que muitos influenciarei!

E esses outros,

Também eles com a sua pequena árvore,

Cegos ao mundo, à arte e aos livros

Em mim acreditarão

E milhares de outros guiarão

Para o mundo do ódio,

Da guerra

E da solidão!

E tudo porquê?

Porque só em mim

Cabe a razão!

 

Imagem: http://www.chronicallycrabby.com

Alexandra Santos

Alexandra Santos nasceu em 1980, em S.Romão do Coronado, concelho da Trofa, onde ainda reside. Licenciou-se em Ensino de Português e Inglês pela Universidade do Minho em 2003, tendo trabalhado sempre, a partir daí, na área da educação. Devido ao gosto pela escrita, tornou-se igualmente escritora, sendo a autora do livro de poesia Palavras Sussurradas.

Comentários

Deixar um comentário

Faça Login para comentar.